Relendo o meu diário de 2005 – um ano inesquecível na minha vida sexual – recordei de uma fase extremamente boqueteira, que